FNAEESP assina protocolo de cooperação com o CCISP

FNAEESP FNAEESP

No âmbito das comemorações do 31º aniversário da FNAEESP, a Federação assina um protocolo de cooperação com o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).

A cerimónia de celebração dos 31 anos da FNAEESP decorreu no Teatro Thalia e contou com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Professor Manuel Heitor, respeitando assim as medidas de restrição à circulação impostas pelo Governo.

Tiago Diniz, Presidente da Direção da FNAEESP, deixa uma mensagem de forma a assinalar este dia:

“Nos dias de hoje, a FNAEESP ocupa um lugar na discussão central da representação estudantil em Portugal. Estes 31 anos de existência cimentam uma responsabilidade comum entre os dirigentes associativos do Ensino Superior Politécnico, reforçam os ideais comuns entre as académicas ao longo do país e afirmam o sentimento de unidade na procura de um ensino superior centrado nos Estudantes.

Um percurso que por si nos traz orgulho pelas conquistas, pela seriedade com que a FNAEESP sempre encarou a sua atividade, mas também pelo espírito de partilha que nos é incutido ao longo da nossa passagem pelo Ensino Superior.

Celebrar a FNAEESP é celebrar todos os que trabalharam em prol dos Estudantes do Ensino Superior Politécnico. Reconhecer o nosso passado é tão importante como saber pensar o futuro. Nestas comemorações, esse é o nosso principal desígnio.

Com o reconhecer de uma mudança constante no Ensino, com uma evolução rápida no número de alunos e nos objetivos estabelecidos, o projeto FNAEESP reinventou-se; garantindo uma posição indispensável no seio das academias Portuguesas.

Com o atual panorama, as Associações Académicas e de Estudantes estendem a sua atividade para além da sua fundamental participação na vida das Instituições. Hoje, as Associações são intervenientes cívicos e com responsabilidade social; focadas no sustentabilidade ambiental e com uma atuação transversal – desde a sua formação complementar, passando pela inserção dos Estudantes no mercado trabalho até a temas como sua saúde mental.

Atualmente, ser dirigente é pensar num mundo diferente de diversas formas. Hoje estamos todos de parabéns pelo papel que ocupamos no seio das nossas organizações.

Num ano marcado pela pandemia que vivemos, o Ensino sofreu alterações brutais que ainda não estão consumadas. Não ter computador é uma descriminação social e económica de quem está no Ensino Superior, algo que há 30 anos atrás era uma condição das elites. Num mundo de constante mudança, o processo de Ensino-Aprendizagem de hoje tem como desafio preparar os cidadãos e profissionais do futuro sem saber o que a curto prazo nos espera. A digitalização do Ensino, o Espaço Europeu do Ensino Superior, as Universidades Europeias… tudo isto são desafios atuais. Pertencer à FNAEESP é assumir que todos participam nestas discussões, que todos os Estudantes – do interior ou do litoral; mais ou menos economicamente expostos – são parte deste processo.

Estes 31 anos são uma lição – da nobreza inerente à nossa estrutura ao papel essencial que certamente teremos no futuro das próximas gerações.

A FNAEESP é isto. De Estudantes para Estudantes – Unir Realidades. Parabéns a todos!”

FNAEESPFNAEESP assina protocolo de cooperação com o CCISP